Viajar pela Europa fez sentido para mim, será que faz para você também?

(Tempo de leitura estimada: 3 minutos)

Meu nome é Vinícius de Castro Souza e eu sou o fundador do Nego Vai Longe.

Tinha 23 anos quando larguei meu trabalho em uma agência de publicidade (onde estava perto de ser promovido) para passar um ano mochilando pela europa/asia. No meio dessa minha viagem conheci minha noiva e tambem virei papai de uma linda menina grega.

O grande diferencial do conteúdo do Nego Vai Longe é que nenhuma dos autores nasceu em “berço de ouro” como muitos blogueiros. Somos pessoas comuns com uma grande paixão por viajar.

A única intenção desse post é te contar a história do projeto e te inspirar a viajar, ou seja, caso você tenha chego aqui com algum outro intuito recomendo os links a seguir:

O que eu aprendi no meu mochilão?

A sensação de “estar viajando” nos faz pessoas melhores pois coisas “normais” nos deixam super felizes: um suco de uma fruta “exótica”, prédio alto bonito, um grafite na rua ou a simpatia de um completo estranho no ponto de ônibus.

Esse sem dúvida foi meu maior aprendizado, porém eu não cruzei 15 países em 12 mses, peguei mais de 5.000km de carona e trabalhei em 7 lugares como voluntário para aprender uma coisa só …

Tirar selfie é mais importante do que parece

Quando comecei minha viagem não pude deixar de me achar “o descoladão. Tinha recusado uma promoção no trabalho e me demitido para viajar por destinos diferentes (como Croácia e Albânia) e estava indo para trabalhar como voluntário em diversos países …

Ao ver alguém tirando selfie no meio da balada ou fazendo pose em monumentos famosos não podia deixar de pensar “ai estão os turistas do Facebook”.

Que grande idiota fui.

A maioria dos seres humanos tem uma memória limitada e por mais que você se conecte muito ao momento, é difícil manter todas as coisas bacanas guaradas na mente. Por exemplo, ao olhar a foto abaixo eu consigo lembrar da fazenda toda, do gato e cachorro que lá viviam, do cheiro de lavanda das hortas no quintal e também dos 20 sacos de adubo que tive que encher usando essa pá hahahaha


Tecnologia é uma ferramenta como qualquer outra e se usada direito pode te ajudar Muito. Tudo é importante na dosagem certa …

Você não está em controle da sua vida e isso não é um problema

Existe uma grande chance dos planos darem errado, de você perder uma conexão de trem e acabar tendo que dormir em uma cidade pequena é linda no interior da Austria, por exemplo.

Meu ponto: é bom ter um plano, mas é o primordial é saber lidar com o momento. Ser forçado a ter jogo de cintura me fez ver o quanto isso é importante.

Viajar é um conceito mutável

Pode parecer loucura, mas não é preciso sair do lugar para viajar. Hoje eu vejo que “viajar” é mais um “estado de espírito” onde tudo fica mais bonito, onde tudo prestamos atenção nas pequenas beleza da vida, onde não perdemos a calma com tanta facilidade … Enfim, esse estado de espírito pode ser atingido sem que você viaje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *